Reunião entre Coreia do Sul e Coreia do Norte é suspensa e deve voltar amanhã

O porta-voz do presidente da Coreia do Sul, Min Kyung-wook, afirmou que a primeira conversação de alto nível diplomático em quase um ano, entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte - que ocorreu neste sábado - foi suspensa e deve ser retomada na tarde de domingo.

Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2015 | 18h06

Os países vizinhos, que tentam aliviar as tensões que os levaram ao limite de um possível confronto militar, iniciaram sua reunião no vilarejo de Panmunjom, na fronteira, às 18h30 de sábado (horário local).

O porta-voz declarou que a reunião foi suspensa às 4h15 da manhã de domingo e que as duas delegações diplomáticas retornarão à mesa de negociações às 15h (3h da manhã de segunda-feira, horário de Brasília). Ele não informou detalhes sobre as conversações.

A reunião iniciou logo após o fim do prazo estipulado pela Coreia do Norte para que a Coreia do Sul desmantelasse alto-falantes que transmitiam propaganda contra o país vizinho ao longo da fronteira. A Coreia do Norte declarou que suas tropas estão prontas para a guerra, caso Seul não desmantele o sistema. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.