Reunião entre Merkel e FMI é cancelada

Uma reunião marcada para este domingo entre a chanceler alemã, Angela Merkel, e o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional(FMI), Dominique Strauss-Kahn, foi cancelada, informou o porta-voz de Merkel, Steffen Seibert.

AE, Agência Estado

15 de maio de 2011 | 09h46

Strauss-Kahn foi preso pela polícia de Nova York ontem depois de ter sido acusado de agressão sexual por uma funcionária de um hotel. Ele foi formalmente acusado de agressão sexual e tentativa de estupro.

Ele e Merkel deveriam se reunir para discutir, entre outras coisas, a crise na Grécia, Portugal e Irlanda. Em seguida ele encontraria os ministros das Finanças da zona do euro na segunda-feira.

Merkel não se reunirá neste domingo com nenhum substituto de Strauss Kahn no FMI, disse Seibert, que não quis fazer mais comentários. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FMIStrauss-Kahnagressão sexualMerkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.