Reunião internacional sobre o Iraque é adiada para maio

Uma reunião ministerial entre o Iraque, os países vizinhos e potências mundiais para continuar as negociações com vistas à estabilização do país foi adiada para a primeira semana de maio, afirmou o ministro de Relações Exteriores iraquiano nesta quinta-feira, 5. Hoshiyar Zebadi disse que a reunião acontecerá fora do Iraque, mas negou-se a informar a localização ou o motivo do adiamento. Inicialmente, o encontro deveria ser em Istambul, Turquia, no início de abril. O primeiro-ministro do Iraque, Nuri al-Maliki, gostaria de realizá-lo em Bagdá, mas autoridades iraquianas afirmaram que alguns países temem pela segurança. "Tudo o que posso dizer no momento é que acontecerá na primeira semana de maio, fora do Iraque", disse Zebari. O Iraque convocou a reunião de ministros em março para arregimentar o apoio de países vizinhos para pôr fim ao derramamento de sangue. Mas a ocasião também foi uma rara oportunidade de os Estados Unidos sentarem-se à mesma mesa com seus adversários Síria e Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.