Reunificação de Chipre deve ser aceita em breve

Os emissários dos Estados Unidos e das Nações Unidas que foram enviados hoje a Chipre afirmaram que tinham esperanças de que as duas áreas desta ilha dividida - parte sob influência grega, parte sob influência turca - aceitarão, até o dia 28 de fevereiro, um plano da ONU para reunificação.O enviado especial da ONU a Chipre, Alvaro de Soto, disse que os líderes cipriotas gregos e turcos haviam aceito a meta de tentar chegar a um acordo até esta data.O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, estabeleceu 28 de fevereiro como prazo para que o plano seja aceito, de forma que a ilha possa ingressar na União Européia (UE) em 2004, como um país unido. Chipre deve assinar um acordo de ingresso na UE no dia 16 de abril, em Atenas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.