Revista justifica apoio a democrata

?New Yorker? qualifica governo de Bush de ?desastroso?e ?mentiroso?

Nova York, O Estadao de S.Paulo

08 de outubro de 2008 | 00h00

A revista americana The New Yorker publicou na edição desta semana um editorial em defesa da candidatura do democrata Barack Obama à presidência, em um texto que faz duras críticas ao "desastre" do atual governo republicano. O editorial afirma que, mesmo antes da atual crise financeira, o cenário econômico e fiscal já era "desolador". "Durante o governo Bush, a dívida interna quase dobrou. A criação de empregos pelo setor privado ficou em um sexto do que era com o presidente (Bill) Clinton", diz o texto. Ao tratar da guerra no Iraque, os ataques são ainda mais duros. "Não há mais a menor dúvida de que o governo manipulou, intimidou e mentiu à população americana sobre a guerra e, depois, gerenciou mal quase todos os aspectos dela." O editorial diz ainda que a guerra só trouxe prejuízos tanto para os EUA como para o Iraque e cita a tortura de presos como uma catástrofe ética e diplomática. A revista acusa o atual governo de transformar os EUA nos "retardatários globais" no setor energético e ambiental. O país não investe em fontes alternativas de energia e não promoveu política para conter consumo e desperdício exagerados.O texto tampouco poupa críticas ao candidato republicano, John McCain, descrito como alguém sem interesse e conhecimento de questões econômicas. "Ele tem pouca coisa com substância a dizer sobre a crise." Apesar de ambos os candidatos abusarem da palavra "reforma", a New Yorker acusa McCain de "demagogia" e afirma que apenas Obama "forneceu uma visão convincente, racional e desenvolvida por completo" de seu projeto de reforma.Sobre as nomeações à Suprema Corte, "o contraste entre os candidatos é ainda maior". Obama, que atuou como professor de direito constitucional, votou contra a indicação de vários juízes considerados sem qualificação pela revista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.