Revista publica 279 fotos e 19 vídeos de Abu Ghraib

A revista digital Salon.com publicou nesta quarta-feira 279 fotografias e 19 vídeos que mostram detalhadamente as práticas de abuso e tortura à qual foram submetidos os reclusos da prisão iraquiana de Abu Ghraib.O material, que faz parte das investigações internas promovidas pelo Exército dos EUA, está dividido em 10 partes com títulos como "Desumanização", "Ferimentos" e "Exploração sexual".Cada galeria vem acompanhada de um artigo da Salon.com relativo às investigações sobre os autores das humilhações, além de informações dadas pelo Pentágono e outras fontes.Com esta divulgação, a revista, com sede em São Francisco (EUA), deseja lembrar que, mais de dois anos depois de o escândalo ganhar as manchetes, em 2004, ainda não foram apresentadas acusações contra muitos dos responsáveis pelas humilhações.O Governo do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que recentemente anunciou seus planos de fechar a prisão situada no sul de Bagdá e transferir os detidos a outros centros no Iraque, "quer que o mundo ache que os abusos já foram resolvidos", segundo destaca em artigo Joan Walsh, diretora da revista."No entanto, as incógnitas sobre o que ocorreu ali, e sobre quem foi responsável, não serão desfeitas com o fechamento de Abu Ghraib", disse Walsh.A diretora indicou no artigo que esta é a primeira vez que se publica o relatório completo do Exército, acompanhado de novos detalhes sobre o papel desempenhado pelo Serviço Central de Informação (CIA) e pelo próprio braço de investigação do Exército(CID) nos abusos descobertos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.