Riad pede que Sarkozy não viaje com Carla

Um representante do governo saudita pediu ontem que o presidente francês, Nicolas Sarkozy, não leve a namorada, Carla Bruni, na visita oficial que fará ao país neste mês, pois isso violaria os costumes muçulmanos. Sarkozy, divorciado há três meses, foi criticado por levar Carla ao Egito e à Jordânia, onde passou o fim de semana .

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.