Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Office of Ohio Governor via AP
Office of Ohio Governor via AP

Vacinada e agora rica: jovem que ganhou bilhete de loteria para se imunizar leva US$ 1 milhão

Abbigail Bugenskee estava dirigindo quando recebeu uma ligação que a deixou eufórica. Era o governador Mike DeWine na linha dizendo que ela acabara de ficar milionária

Sarah Mervosh / The New York Times, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2021 | 18h00

A americana Abbigail Bugenske, de 22 anos, já tinha quase se esquecido de sua tentativa de se tornar a próxima milionária do Estado de Ohio.

Conforme o relógio avançava para 19h29, na noite de quarta-feira, o Estado se preparava para anunciar o vencedor de seu primeiro sorteio de loteria para seus cidadãos vacinados ao vivo pela televisão. Bugenske estava dirigindo de Cincinnati para a casa de seus pais, perto de Cleveland, quando recebeu uma ligação que a deixou eufórica. O governador Mike DeWine estava na linha. Ela tinha acabado de ganhar US$ 1 milhão.

“No início, achei que fosse um trote”, disse Bugenske, que logo viu uma explosão de mensagens em seu telefone confirmando a notícia. Ela entrou na casa dos pais sem acreditar. “Eu estava gritando o suficiente para que meus pais pensassem que eu estava chorando e que algo estava errado”, ela relembrou, na quinta-feira. “Comecei a gritar que ganhei um milhão de dólares e que seria milionária.”

Bugenske, que se formou na faculdade no ano passado e recentemente se mudou para a área de Cincinnati para conseguir um emprego como engenheira, ganhou o dinheiro por meio da nova loteria de Ohio, que ofereceu US$ 1 milhão para pessoas que receberam pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus

A ideia, que atraiu entusiasmo e críticas, está ganhando força em todo o país, já que Estados como Colorado, Maryland e Oregon oferecem incentivos semelhantes em um esforço para aumentar as vacinações em declínio.

Uma crítica a esses programas é que eles podem fazer pouco para mudar as mentes das pessoas que são contra os vacinas. Bugenske, por exemplo, disse que tomou sua dose assim que se tornou elegível, antes que a loteria fosse anunciada e, posteriormente, inseriu seu nome no programa (residentes de Ohio que receberam pelo menos uma dose são elegíveis para entrar na loteria, não importa quando foram vacinados).

“Eu encorajaria qualquer pessoa a tomar a vacina”, disse ela. “Se ganhar um milhão de dólares não for incentivo suficiente, eu realmente não sei o que seria.”

Mais de 2,7 milhões de cidadãos de Ohio concorreram a US$ 1 milhão na loteria, e sorteios adicionais ocorrerão nas próximas semanas. A loteria também oferece uma bolsa integral para a faculdade para crianças de 12 a 17 anos que se vacinarem.

Joseph Costello, um jovem de 14 anos de Englewood, perto de Dayton, ganhou a primeira bolsa entre mais de 104 mil inscrições. Na quinta-feira de manhã, ele usou uma camisa pólo para uma série de entrevistas na televisão e sentou-se timidamente em seu sofá, entre seus pais radiantes.

Sua mãe, Colleen Costello, que inscreveu sua família na loteria, lembra como ela brincou com seus colegas durante o almoço na quarta-feira que sua vida poderia mudar drasticamente se ela ou um membro da família ganhasse. 

Costello, uma engenheira química, estava saindo do escritório quando recebeu um telefonema do governador. “Minha primeira reação foi: pensei que talvez estivesse ouvindo sua voz e fosse uma mensagem gravada”, disse ela ao governador, em entrevista coletiva na quinta-feira. “Quanto mais conversávamos, mais percebíamos, era realmente você, ao vivo. Fiquei muito grata naquele momento por haver um banco por perto porque eu precisava me sentar. ”

Seu marido, Rich Costello, que trabalha como professor, estava em um café fazendo trabalhos escolares quando sua mulher ligou e perguntou se ele estava sentado. Ele correu para pegar seu filho no grupo de jovens, mas manteve a notícia em segredo até eles voltaram para casa, onde o governador, sua mulher e membros de sua equipe planejavam uma visita.

“Estávamos voltando para casa e eu disse:‘Joe, são boas notícias, mas sem perguntas’”, disse Costello. "Basta olhar pela janela."

Um membro do gabinete do governador deu a notícia a Joseph na garagem da família, lembraram seus pais, e mais tarde, eles receberam o governador em seu gramado nos subúrbios de Dayton.

Costello disse que ela e seu marido pretendiam que seus filhos recebessem uma vacina contra covid-19, mas a loteria acelerou seus planos. Joseph, que se tornou elegível para uma vacina na faixa etária de 12 a 15 anos no início deste mês, foi vacinado no sábado, e Costello entrou no programa da loteria no domingo, momentos antes de se encerrar o prazo.

Joseph, que acabou de terminar a oitava série e está aproveitando os primeiros dias de férias de verão (no norte), disse que ainda está decidindo o que vai estudar. Em sua lista de potenciais faculdades: Ohio State University.

Quanto a Bugenske, ela disse que não tinha planos de deixar seu trabalho diurno. Ela espera doar parte do dinheiro e investir o restante. Mas há uma coisa que ela gostaria de comprar. Quando recebeu o telefonema do governador, estava a caminho de uma loja, na esperança de ver um carro usado. “Acho que comprar um carro usado ainda está nos meus planos”, disse ela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.