Rice pede a cubanos que não deixem a ilha

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, enviou uma mensagem aos cubanos implorando a eles que não fujam para a Flórida em razão da incerteza política.Em comentários breves transmitidos por estações do governo americano que podem ser sintonizadas na ilha, Rice prometeu assistência humanitária aos cubanos quando eles começarem "a projetar um novo rumo" depois de anos de governo comunista."Nós encorajamos as pessoas de Cuba a trabalharem em casa por mudanças positivas", disse, sinalizando que os Estados Unidos não favoreceriam um êxodo em massa como aconteceu em 1980 e 1995."Claramente nós acreditamos que os cubanos devem permanecer em Cuba e ser parte do que será uma transição para a democracia", disse Rice em entrevista a David Gregory na rede NBC.Suas observações foram transmitidas aos cubanos pelas estações com alto índice de interferência TV Marti e Rádio Marti. Elas vieram quatro dias depois do anúncio, na segunda-feira, de que o presidente Fidel Castro havia transferido temporariamente o poder ao seu irmão Raul em decorrência de uma doença intestinal."Todos os cubanos que desejam uma mudança democrática pacífica podem contar com o apoio dos Estados Unidos" afirmou Rice.Ela acrescentou que os Estados Unidos estão encorajando todas as nações democratas a se juntarem pela libertação de presos políticos, a restauração das liberdades fundamentais e por um movimento em direção às eleições multipartidárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.