Rice prega reformulação das Forças Armadas da Indonésia

A secretária americana de Estado, Condoleezza Rice, defendeu nesta quarta-feira uma reformulação das Forças Armadas indonésias, para enfrentar o que chamou de novos desafios do século XXI. "Buscamos um progresso contínuo para assumirmos maiores responsabilidades e promovermos uma reformulação completa", disse Rice em discurso no Conselho Indonésio de Assuntos Globais. Em 2005, os Estados Unidos suspenderam o embargo militar imposto à Indonésia em 1999 pelo apoio das tropas do país às atrocidades cometidas no Timor Leste devido ao plebiscito de independência. A Organização das Nações Unidas (ONU) calcula que mais de mil pessoas morreram e dezenas de milhares foram forçadas a deixar seus lares nos meses seguintes ao processo de votação na ex-colônia portuguesa. A Indonésia mostrou grande interesse em receber treinamento militar e armamento de defesa dos Estados Unidos, mas vários legisladores alertaram para a necessidade de diversificar as fontes para que o impacto, caso haja outro embargo, seja reduzido. Os Estados Unidos vêem a Indonésia como um de seus maiores aliados no Sudeste Asiático na luta contra o terrorismo internacional. Rice insistiu na necessidade de ampliar a cooperação bilateral.

Agencia Estado,

15 Março 2006 | 04h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.