Rice viajará a Ásia para tratar da Coréia do Norte

A secretária de Estado americana,Condoleezza Rice, viaja na próxima semana à China, ao Japão e àCoréia do Sul para analisar com esses países a resposta àsafirmações da Coréia do Norte de que efetuou um teste nuclear comsucesso. O porta-voz do Departamento de Estado, Sean McCormack, informouNesta sexta-feira que Rice viajará no dia 17 e voltará aos Estados Unidos no dia22. Em Pequim, Tóquio e Seul, a secretária de Estado "abordará comoutros países na região a atual situação de segurança e também falarde maneira mais ampla sobre a não-proliferação" nuclear, segundo amesma fonte. O Conselho de Segurança da ONU deve votar amanhã uma resoluçãopatrocinada pelos EUA que impõe sanções à Coréia do Norte, masexclui o uso da força militar contra o regime comunistaNorte-coreano. O chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, disse nesta sexta-feira queMoscou e Pequim condenam o teste nuclear realizado pela Coréia doNorte, mas se opõem a que o Conselho de Segurança da ONU imponha"sanções extremas" a Pyongyang. A Coréia do Norte anunciou na segunda-feira passada que tinharealizado um teste nuclear com sucesso, o que não pôde serConfirmado. O Instituto Sismológico americano anunciou que tinha detectadouma explosão, mas amostras do ar recolhidas pelos EUA não mostramindícios de radioatividade, revelou nesta sexta-feira um alto funcionário dosserviços de inteligência. Pyongyang abandonou em novembro do ano passado as conversas deseis lados - as duas Coréias, EUA, Rússia, Japão e China - paratentar persuadir o regime comunista para que abandone seu programanuclear.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.