Rice volta ao Oriente Médio para negociar força de paz

A secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, está voltando ao Oriente Médio para discutir um plano para cessar as hostilidades na região. Rice deve se encontrar com os líderes de Israel e Líbano para debater as propostas de envio de uma força multinacional ao sul do Líbano, onde Israel vem atacando as milícias do Hezbollah há duas semanas.Segundo o presidente Americano, George W. Bush, Rice foi instruída a sugerir uma resolução para ser votada pelo Conselho de Segurança na semana que vem. Bush se encontrou com o premier britânico, Tony Blair, na sexta-feira, para discutir a crise na região, e voltou a se recusar a defender uma trégua temporária na região. Ele disse que quer transformar o momento de crise numa oportunidade para mudanças profundas no Oriente Médio. OfensivaNo Líbano, Israel mantém a ofensiva que já dura três semanas. Relatos dão conta de que uma ponte foi destruída por ataques israelenses no leste do Vale de Bekaa. O Exército israelense afirmou ter matado 26 militantes do Hezbollah na cidade de Bint Jbail, que seria, segundo o exército israelense, ?um reduto? do grupo libanês.O Hezbollah respondeu mantendo o ataque com foguetes a Israel, incluindo um ataque com um Khaibar-1, de longa distância. Os ataques de sexta-feira atingiram áreas a 50 km da fronteira com o Líbano, uma distância inédita até então para os ataques do Hezbollah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.