Rio Grande do Sul envia medicamentos ao Paraguai

O governo do Rio Grande do Sul prometeu enviar ao Paraguai um milhão de frascos de analgésicos e dois mil frascos de morfina, produzidos pelo Laboratório do Estado (Lafergs), e mais dois mil frascos de soro fisiológico, doados pelo Laboratório Basa, para auxiliar as vítimas do incêndio de domingo.Os medicamentos devem seguir em um avião da Força Aérea Brasileira que decolará no início da noite do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, com chegada prevista às 21 horas. O Estado também vai ceder dois médicos legistas para os trabalhos de reconhecimento dos corpos das vítimas da tragédia. Eles viajam nesta terça-feira para a capital paraguaia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.