Rio Tinto retira empregados da China

A Rio Tinto retirou ontem da China toda sua equipe de funcionários envolvida no trabalho de pesquisa sobre o minério de ferro e a indústria do aço, informou a edição desta quinta-feira do jornal Australian Financial Review. A companhia não quis comentar a reportagem.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

16 de julho de 2009 | 02h24

O executivo da Rio Tinto Stern Hu, um australiano, está detido na China desde 5 de julho com três colegas chineses, sob a acusação de que eles se envolveram em suborno para obter segredos de estado relacionados às negociações do preço do minério de ferro. A mineradora disse não ter conhecimento de nenhuma evidência que possa apoiar as denúncias contra seus empregados. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
minérioRio TintoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.