Risco de conflito entre Síria e Turquia cresceu, diz Ban

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, está alarmado com a escalada das tensões ao longo da fronteira entre a Síria e a Turquia. Ban alerta que aumentou o risco de um conflito regional que ameace a paz internacional. O secretário-geral da ONU pediu às duas partes que "abandonem o uso da violência, exerçam a moderação e todos os esforços para alcançar uma solução política". Na quarta-feira, disparos feitos por tropas sírias atingiram a casa de uma família no vilarejo de Ackakale, Turquia, matando cinco civis. O governo turco reagiu com bombardeios contra posições do exército sírio e hoje o Parlamento em Ancara autorizou a ação militar contra Damasco.

AE, Agência Estado

04 de outubro de 2012 | 14h37

Enquanto isso, o Conselho de Segurança da ONU continua dividido sobre os disparos de morteiros que mataram os civis, que eram mulheres e meninas de uma mesma família. A Rússia continua a se opor a uma condenação à Síria, que é sua aliada. A embaixadora dos EUA na ONU, Susan Rice, disse que especialistas do Conselho estão reunidos para tentar chegar a um acordo para um esboço de resolução.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.