Riscos da guerra não podem ser menosprezados, diz consultoria

A consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU) prevê que a guerra no Iraque terá curta duração e que as forças militares lideradas pelos Estados Unidos alcançarão êxito. Segundo a EIU, embora a ação militar provavelmente irá durar entre três ou quatro semanas, um conflito mais curto, de apenas dez dias, não pode ser descartado.Mas embora uma guerra curta seja o cenário mais provável, a EIU lembrou que "muitas guerras começam com ilusões semelhantes". Um conflito "sangrento e descontrolado traria uma série de riscos econômicos geopolíticos e globais". Uma economia global instável, prejudicada pelo nervosismo com o "o aumento do terrorismo, preços dos petróleo mais elevados, instabilidade regional e divisão nas aliaças do Ocidente representaria a maior ameaça à estabilidade macroeconômica dos países ricos e aos fluxos financeiros que são fundamentais para os mercados emergentes". A EIU salientou também que a conduta da guerra ?irá influenciar profundamente a opinião pública, as decisões políticas e o comportamento econômico" nas próximas semanas.Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.