Rivais de Ahmadinejad lideram eleição parlamentar no Irã

Forte presença de apoiadores do líder Supremo do Irã nas eleições parlamentares reflete apoio incondicional para a teocracia do país

CLARISSA MANGUEIRA, Agência Estado

03 de março de 2012 | 09h42

Rivais conservadores do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, lideravam a corrida para o Parlamento, de acordo com resultados iniciais da eleição divulgados neste sábado, em uma indicação de que Ahmadinejad pode enfrentar uma casa mais hostil nos 18 meses remanescentes de seu segundo mandato. A forte presença de apoiadores do líder Supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, nas eleições parlamentares de ontem também refletiu o apoio incondicional para a teocracia do país e sua posição firme no impasse nuclear com o Ocidente.

Segundo resultados preliminares, os membros leais a Khamenei estavam na frente na corrida eleitoral. Os números parciais de províncias também mostraram que os rivais conservadores de Ahmadinejad foram eleitos em muitos distritos eleitorais. A imprensa estatal disse que a participação eleitoral era estimada em cerca de 67% de 48 milhões de iranianos com direito a voto.

O Parlamento iraniano tem 290 assentos e os eleitores tiveram de optar entre os 3.467 candidatos aprovados pelo Conselho de Guardiães da Revolução. O voto foi o primeiro realizado no âmbito nacional desde a reeleição de Ahmadinejad em junho de 2009. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãAhmadinejadeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.