Rival é heroína da luta contra ex-oficiais nazistas

Beate Klarsfeld, que passou décadas lutando contra o fascismo e caçando oficiais nazistas, concorrerá nas eleições presidenciais de hoje contra Joachim Gauck pelo partido A Direita. Beate, de 73 anos, dificilmente terá alguma chance contra o candidato apoiado pela chanceler Angela Merkel, mas, mesmo assim, sua participação na votação injetou ânimo na monótona campanha presidencial.

O Estado de S.Paulo

18 de março de 2012 | 03h08

Beate ficou conhecida na Alemanha quando, em 1968, invadiu uma cerimônia dos democratas cristãos e deu um tapa na cara do chanceler Kurt Georg Kiesinger para atrair atenção sobre sua participação no Partido Nazista. Ao lado de seu marido, Serge Klarsfeld, ela caçou criminosos nazistas mundo afora para levá-los a julgamento - entre eles, Klaus Barbie, chefe da Gestapo em Lyon. A vida de Beate foi contada no filme Nazi Hunter: The Beate Klarsfeld Story ("A Caçadora de Nazistas: A História de Beate Klarsfeld", em tradução livre), estrelado pela atriz Farrah Fawcett. / R. M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.