Robert Gates acusa Irã de 'subversão' na América Latina

O secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, acusou o Irã de engajar-se em "atividade subversiva" na América Latina. "Estou preocupado com o nível de atividade francamente subversiva que os iranianos estão desenvolvendo em vários países da América latina, particularmente na América do Sul e na América Central. Eles estão abrindo muitos escritórios e muitas instituições de fachada, por trás dos quais interferem no que está acontecendo em alguns desses países", disse Gates durante audiência no Senado norte-americano. Ele não deu detalhes que justificassem a acusação.Indagado sobre recentes manobras conjuntas das Marinhas da Rússia e da Venezuela no Caribe, Gates, que ocupava o mesmo cargo durante o governo de George W. Bush, preferiu fazer piada. "De fato, se não fossem os acontecimentos na Geórgia em agosto, eu provavelmente teria tentado persuadir o presidente a convidar os navios russos a visitarem o porto de Miami, porque acho que eles teriam aproveitado bem melhor do que em Caracas. Mas, basicamente, acho que, com o petróleo a US$ 40 por barril, a Marinha russa não me incomoda muito." As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.