Rodney King é preso de novo, por dirigir drogado

Rodney King, um negro que foi filmado levando uma violenta surra de policiais em 1992, num episódio que gerou graves distúrbios raciais em Los Angeles, foi preso neste sábado sob acusação de dirigir drogado. Ele foi liberado sob fiança de US$ 2,500. Esta foi a terceira detenção de King em seis semanas. Nos últimos anos, ele passou 90 dias preso. King está em liberdade condicional no condado de San Bernardino por maus-tratos à mãe de sua filha adolescente, em 1999.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.