Roma critica juízes que investigam Berlusconi

O governo italiano criticou ontem juízes que investigam um caso de corrupção envolvendo o premiê Silvio Berlusconi e membros de seu partido. Uma corte de Milão divulgou um documento dizendo que condenou o deputado britânico David Mills em fevereiro por receber, em 1997, US$ 600 mil para dar falso testemunho em favor de Berlusconi.

, O Estadao de S.Paulo

21 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.