Romano Prodi ganhou as eleições na Itália, diz boca-de-urna

A coalizão de centro-esquerda União, liderada por Romano Prodi, ganhou as eleições gerais realizadas na Itália, segundo as pesquisas de boca-de-urna divulgadas após o fechamento das zonas eleitorais pelas redes de TV RAI, Mediaset e Sky TG24. As pesquisas para a rede pública RAI e a cadeia privada Mediaset, que pertence ao primeiro-ministro e candidato de centro-direita, Silvio Berlusconi, foram realizados pelo Instituto Nexus em 1.050 zonas eleitorais das 60.997 espalhadas por todo o país. A sondagem da Sky TG24 foi realizada pelo Instituto Piepoli, que entrevistou 10.000 eleitores. Segundo o Nexus, a União teria obtido entre 50 e 54% dos votos para a Câmara dos Deputados, o que lhe garantiria a maioria absoluta, graças ao novo sistema eleitoral, com 340 cadeiras. A coligação Casa das Liberdades, de Berlusconi, teria recebido entre 45% e 49% dos votos, o que a deixaria com 277 deputados. No Senado, a União teria obtido entre 159 e 170 cadeiras, enquanto a Casa das Liberdades ficaria com entre 139 e 150. Segundo o Piepoli, "a União teria obtido 52% dos votos para a Câmara dos Deputados, o que lhe garantiria a maioria absoluta com 340 cadeiras. A coalizão de centro-direita teria 47% dos votos, ficando com 277 cadeiras. No Senado, de acordo com o Piepoli, a União teria 167 legisladores, contra 142 da Casa das Liberdades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.