Romney critica política de Obama após dados de emprego

O novo relatório que mostrou um fraco crescimento no mercado de trabalho nos Estados Unidos em agosto é prova de que as promessas e as políticas do presidente Barack Obama "não têm funcionado", segundo o candidato republicano à presidência do país, Mitt Romney.

DANIELLE CHAVES, Agência Estado

07 de setembro de 2012 | 11h25

"Se ontem (quinta-feira, 6) à noite foi a festa, esta manhã é a ressaca", afirmou Romney em um comunicado em referência ao evento da quinta-feira (6) passada em que Obama aceitou formalmente a indicação para concorrer à presidência pelo Partido Democrata. "Isso é mais do mesmo para as famílias de classe média que estão sofrendo durante a pior recuperação econômica desde a Grande Depressão", acrescentou Romney.

O governo dos EUA informou que em agosto foram criados 96 mil empregos no país, abaixo das 125 mil vagas esperadas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
RomneycríticasObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.