Phil Nijhuis/Efe
Phil Nijhuis/Efe

Romney deve conquistar delegados em primárias de cinco Estados

Esperada vitória do republicano nesta terça-feira, 24, deve fazer dele o candidato à Presidência dos Estados Unidos

24 de abril de 2012 | 11h49

WASHINGTON - A esperada vitória de Mitt Romney em cinco Estados que realizarão eleições primárias nesta terça-feira, 24, deve lhe assegurar vários delegados, em seu caminho para se tornar o candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, e permitirá que ele se concentre na campanha para as eleições gerais contra o presidente Barack Obama.

Veja também:

linkRomney empata com Obama, indica pesquisa

tabela ESPECIAL: Eleições nos EUA

Ambos os lados se comprometeram com um forte combate, que irá apenas aumentar ao longo dos seis meses de campanha que seguirão até a votação no dia 6 de novembro, quando os eleitores decidirão se darão ao atual presidente mais quatro anos ou instalarão um novo líder na Casa Branca.

As vitórias previstas nos Estados de Connecticut, Delaware, Nova York, Pensilvânia e Rhode Island serão um grande estímulo para a liderança de Romney na corrida para garantir 1.144 delegados e assim se tornar oficialmente o candidato republicano, uma nomeação que ainda está a semanas de distância.

Romney pode superar a marca de 800 delegados, dos quais cerca de 200 estão em jogo nesta terça-feira. Seus únicos rivais que restam na corrida republicana são o ex-presidente da câmara dos Deputados, Newt Gingrich, e o deputado Ron Paul, ambos muito atrás nas pesquisas de opinião e em número de delegados.

Terça-feira pode ser o fim da linha para Gingrich, cuja campanha está sem fôlego e afundada em dívidas. Ele tem resistido para continuar pressionando Romney em suas questões conservadoras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.