Michael Reynolds/Efe
Michael Reynolds/Efe

Romney é favorito em Superterça republicana

Ex-governador tenta alcançar o maior número de delegados em primária para garantir nomeação republicana para enfrentar Obama em novembro

Gustavo Chacra - CORRESPONDENTE / NOVA YORK,

05 de março de 2012 | 21h09

NOVA YORK - O ex-governador de Massachusetts Mitt Romney tenta se consolidar hoje como o candidato republicano para enfrentar o presidente Barack Obama nas eleições de novembro. Em dez Estados do país, eleitores vão às urnas para as prévias do partido, na votação conhecida como Superterça. Apesar do favoritismo de Romney, analistas consideram improvável que um de seus rivais desista, independentemente dos resultados de hoje.

 

Veja também:

blog CHACRA: Para desespero de Obama, Romney volta a se fortalecer

blog PARA ENTENDER: Os Super-Pacs

tabela ESPECIAL: Eleições nos EUA 2012

 

Na Superterça, o Estado mais importante é Ohio, onde Romney conseguiu reduzir uma diferença de mais de dez pontos porcentuais em favor do ex-senador da Pensilvânia Rick Santorum, considerado o mais conservador dos pré-candidatos. Na véspera da primária, os dois estavam empatados com 32%, segundo pesquisa do Instituto Ipsos.

Romney, mesmo diante da possibilidade de vitória, preferiu manter cautela. "Não tenho obrigação de vencer em nenhum Estado. O mais importante é seguir na corrida para conseguir 1.144 delegados necessários para a nomeação", disse ontem.

Em algumas disputas, Romney será beneficiado porque seus principais rivais - Santorum e o ex-presidente da Câmara Newt Gingrich - estão fora da votação por questões burocráticas. Na Virgínia, por exemplo, seu único rival é deputado federal Ron Paul.

Em Massachusetts, Romney foi governador e tem ampla vantagem, segundo pesquisas. Na Geórgia, Gingrich é favorito e deve dividir tirar votos conservadores de Santorum. Votam também hoje os eleitores de Vermont, Alasca, Oklahoma, Dakota do Norte, Tennessee e Idaho.

Romney recebeu nos últimos dias respaldo de algumas lideranças republicanas.

"Romney está em ascensão. Se essa tendência continuar, cada vez mais pessoas passarão a apoiá-lo, sabendo que no final deve vencer", disse Mike Huckabee, ex-pré-candidato republicano em 2008, na Fox News.

Para o deputado Eric Cantor, número dois da oposição na Câmara, Romney deve consolidar a nomeação. Durante o fim de semana, outros políticos e formadores de opinião do Partido Republicano passaram para as fileiras de Romney, diante da ameaça de uma primária prolongada.

 
Tudo o que sabemos sobre:
eleicoes-nos-euaRomneySuperterça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.