Charlie Neibergall/AP
Charlie Neibergall/AP

Romney é o provável rival de Obama nas eleições de 2012, aponta pesquisa

Quase 25% dos americanos crê que político de Massachusetts se sairá melhor contra democrata

Efe

07 de novembro de 2011 | 18h04

WASHINGTON - O ex-governador de Massachusetts, Mitt Romney, tem uma vantagem significativa sobre seus rivais na candidatura presidencial republicana para enfrentar Barack Obama nas próximas eleições presidenciais de 2012, segundo uma pesquisa realizada para o jornal Washington Post e para o canal ABC News divulgada nesta segunda-feira, 7.

 

De acordo com a pesquisa, que avalia seis atributos dos candidatos republicanos, 24% dos eleitores acreditam que Romney tem mais possibilidades de ganhar a disputa com o atual presidente americano, seguido do candidato Herman Cain, que tem 20%.

 

Os líderes do partido republicano acreditam que os eleitores levarão em conta as possibilidades de vencer Obama, o que poderia dar uma clara vantagem a Romney. Contudo, nos quesitos empatia e honestidade, Cain apresenta índices mais altos.

 

Quase a metade dos republicanos entrevistados diz que são menos propensos a apoiar Romney por suas posições sobre reforma da saúde e 20% porque o candidato defende a fé mórmon. No entanto, Romney está em melhores condições do que qualquer outro adversário para a nomeação, já que ele é a primeira ou segunda opção de mais de quatro entre 10 eleitores.

 

Sem Cain na disputa, Romney obteria 31% dos votos, o que seria suficiente para ganhar nas primárias e assembleias eleitorais.

 

A pesquisa publicada nesta segunda-feira foi realizada com 1.004 adultos por telefone, dos quais 428 eram republicanos. A pesquisa foi realizada entre 31 de outubro e 3 novembro, época em que vieram à tona as acusações de assédio sexual contra Cain. A margem de erro é de 5,5%. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.