'Romney é Robin Hood ao contrário', ironiza Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criticou nesta segunda-feira o plano fiscal de seu virtual oponente nas eleições de novembro, o republicano Mitt Romney, e o acusou de querer tirar da classe média para dar aos ricos.

AE, Agência Estado

06 de agosto de 2012 | 21h57

"É como Robin Hood, só que ao contrário", ironizou Obama, chamando-o então de "Romney Hood". Os comentários foram feitos durante um evento de campanha em Connecticut.

Segundo Obama, o plano fiscal de Romney prevê isenções tributárias aos norte-americanos mais abastados e resultará em US$ 2.000 em impostos adicionais por ano às famílias de classe média.

O presidente citou também um estudo do Centro de Política Fiscal, grupo sem vínculos partidários, segundo o qual os milionários dos EUA receberiam isenções fiscais de US$ 250.000 se o plano de Romney eventualmente fosse colocado em prática. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleiçõesObamaRomney

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.