Romney escolhe conservador Ryan para vice nos EUA

Washington, 11/08/2012 - O candidato à Casa Branca Mitt Romney escolheu o representante republicano Paul Ryan como seu candidato à vice-presidência e companheiro de chapa. A decisão deve entusiasmar os conservadores da chapa e garantir que as eleições se tornem um profundo debate filosófico entre os partidos republicano e democrata sobre gastos do governo, impostos e direitos dos cidadãos.

Agência Estado

11 de agosto de 2012 | 10h42

Com Ryan, de 42 anos, a campanha de Romney acolhe um conservador que passou os últimos anos no centro dos debates nacionais sobre o tamanho e a abrangência do governo federal. Com suas propostas de reorganizar os programas de previdência para futuros aposentados e para os pobres, tornou-se um herói entre os conservadores e um alvo dos liberais.

O anúncio de sua escolha foi oficialmente anunciado pouco depois das 7h da manhã, pelo horário norte-americano, cerca de 8h de Brasília. A notícia deverá ser anunciada oficialmente por Romney às 9h (10h de Brasília) no porto de Norfolk (Virgínia, leste), a bordo do USS Wisconsin, um navio de guerra da Segunda Guerra Mundial que também foi utilizado durante a primeira guerra do Golfo em 1991.

A escolha ocorre a duas semanas da convenção nacional do Partido Republicano em Tampa, na Flórida, que indicará formalmente Romney e seu companheiro de chapa para enfrentar o atual presidente democrata Barack Obama e seu vice Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro. As informações são da Dow Jones. (Cynthia Decloedt - cynthia.decloedt@estadao.com)

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleiçõesMitt Romney

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.