Romney vence primárias em mais 5 Estados dos EUA

Mitt Romney venceu nesta terça-feira as primárias republicanas em cinco Estados: Nova York, Rhode Island, Connecticut, Delaware e Pensilvânia, de acordo com projeções da Associated Press, reafirmando o nome do ex-governador de Massachusetts como eventual candidato do Partido Republicano para concorrer com Barack Obama nas eleições presidenciais de 6 de novembro.

Agência Estado

25 de abril de 2012 | 01h21

Após essas vitórias, Romney lançou em Nova Hampshire sua campanha rumo às eleições presidenciais, embora sua candidatura ainda precise ser confirmada na Convenção Nacional Republicana que ocorre em agosto, em Tampa, na Flórida. "Esta noite começa um Estados Unidos melhor", disse Romney em seu discurso a simpatizantes, e mais uma vez não poupou ataques ao presidente Obama. "Os últimos anos têm sido os melhores que Obama pode fazer, mas isso não é o melhor que se pode fazer pela América", afirmou Romney.

Esses resultados devem marcar o fim oficial da campanha do pré-candidato Newt Gingrich. Na manhã desta terça-feira, o ex-presidente da Câmara dos Representantes havia dito que reavaliaria sua campanha, a menos que vencesse ou que chegasse muito perto da vitória no Estado de Delaware. Com 99% das urnas apuradas nesse Estado, ele tinha apenas 27%, contra 56% de Romney, dado como vencedor pelas projeções da Associated Press.

Apesar dessas vitórias, Romney permanecerá aquém dos 1.144 delegados necessários para conquistar a nomeação republicana, mas seu caminho está bastante livre, uma vez que Rick Santorum deixou a disputa no início do mês, e Gingrich pode fazer o mesmo. Romney chegou às primárias desta terça-feira com 695 delegados, segundo as agências de notícias. Ele espera alcançar os 1.144 delegados em maio.

Os Estados onde houve primárias enviarão mais de 230 delegados para a Convenção, mas somente 150 poderão ser concedidos aos candidatos. Esses delegados virão de Nova York, Connecticut, Rhode Island e Delaware.

Na Pensilvânia, os eleitores selecionarão 59 delegados, escolhidos por votação, nas urnas. Ocorre que não se sabe qual candidato cada um desses 59 delegados apoiará. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAprimárias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.