Roteiro da paz prevê Estado palestino pleno em 2005

O "roteiro para a paz" - nome pelo qualficou conhecido o plano para desbloquear o processo de paz no Oriente Médio - foi elaborado pelo chamado Quarteto de mediadores, formado por EUA, ONU, Rússia e UE. Ele prevê a criação de um Estado palestino independente e soberano, quecoexista pacificamente com Israel, até o ano de 2005.O plano estabelece três etapas. Na primeira, os palestinos se comprometem a pôr fim aos atentados contra Israel e a realizar reformas políticas, em especial a adoção de uma Constituição.Já os israelenses se comprometem a interromper a política de expansão dos assentamentos em território ocupado palestino e a retirar os colonos judeus que se instalaram após setembro de2000.Na segunda, entre junho e dezembro de 2003, se definiriam as fronteiras provisórias do Estado palestino - que seria reconhecido pela ONU - e convocadas eleições.Na terceira fase, entre 2004 e 2005, uma conferência internacional consolidaria o novo Estado. Questões sobre o status de Jerusalém, os refugiados palestinos e a retirada totaldos assentamentos seriam discutidas nesta ocasião.Grandes Acontecimentos InternacionaisESPECIAL ORIENTE MÉDIO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.