Roubada mão de estátua de São Pedro no Vaticano

Autoridades do Vaticano investigam o roubo da mão de mármore de uma estátua de São Pedro, do século XIII, que fica na entrada da gruta sob a Basílica, onde o santo foi sepultado. A mão desapareceu há alguns dias. A primeira suspeita foi de vandalismo, mas quando a mão não foi encontrada, concluiu-se pela hipótese de roubo. Na mão removida, estavam as chaves simbólicas do Reino dos Céus.A estátua é atribuída a Arnolfo di Cambio, que também fez o bronze de São Pedro que se encontra dentro da Basílica. Turistas podem fazer um passeio pelas grutas, que incluem um antigo cemitério. O papa Paulo VI declarou que os ossos de uma pessoa idosa, encontrados no local, eram aqueles de São Pedro, apóstolo e o primeiro papa. O local do Circo de Nero, onde, acredita-se, Pedro foi martirizado, fica próximo à Basílica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.