Roubado relicário com sangue de João Paulo II

Um relicário contendo um pouco do sangue do falecido papa João Paulo II foi roubado de uma pequena igreja na região central da Itália. A polícia italiana investiga o caso, qualificado pela Rádio do Vaticano como "roubo sacrílego".

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2014 | 16h37

O relicário encontrava-se na igreja de San Pietro della Ienca, nos Montes Apeninos, região para onde João Paulo II costumava viajar para caminhar e esquiar.

O coronel dos Carabinieri de L''Aquila, Andrea Ronchey, disse à Associated Press que o relicário foi visto pela última vez na igreja na quinta-feira da semana passada. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaJoão Paulo IIrelicárioroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.