AFP PHOTO / NOAA/RAMMB
AFP PHOTO / NOAA/RAMMB

Rumo às Pequenas Antilhas, furacão José sobe para categoria 3

Ele tornou-se o terceiro mais forte da atual temporada de furacões do Atlântico, ficando apenas duas categorias abaixo da mais alta na escala Saffir-Simpson, que é 5

O Estado de S.Paulo

07 Setembro 2017 | 20h35

O furacão José ganhou intensidade e subiu para a categoria 3 nesta quinta-feira, 7, enquanto segue rumo às Pequenas Antilhas, com ventos máximos sustentados de 195 quilômetros por hora, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês).

Com isso, segundo o órgão, José tornou-se o terceiro mais forte da atual temporada de furacões do Atlântico, ficando apenas duas categorias abaixo da mais alta na escala Saffir-Simpson, que é 5.

O fenômeno climático estava a 955 quilômetros a leste das Pequenas Antilhas, no Caribe, pouco antes das 21h GMT (18h de Brasília) e se deslocava para oeste-noroeste com uma velocidade de translação de 30 km/h.

"Um ganho adicional de força é possível durante as próximas de 24 a 36 horas", disse o NHC, que também ressaltou ser "esperado que o furacão continue nesta direção com uma pequena queda em sua velocidade de deslocamento nos próximos dois dias".

O governo de Antígua e Barbuda emitiu um alerta para furacão em seu território e um de tempestade para as ilhas de Anguilla, Montserrat e São Cristóvão e Nevis.

Já o governo da Holanda emitiu um alerta de tempestade tropical para as ilhas de Saba e St. Eustatius, que estão sob sua soberania. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.