Rumor sobre morte de ex-líder é censurado

Rumores de que o ex-presidente chinês Jiang Zemin, de 84 anos, estava morto ou à beira da morte circularam na internet ontem, levando os censores a ampliar seus esforços para impedir a divulgação e os internautas a usar a criatividade. Posts com "Jiang Zemin" em chinês ou simplesmente "jiang", que quer dizer "rio", foram tratados como ilegais no popular serviço da Sina Corp., similar ao Twitter. Em resposta, os internautas começaram a postar informações sobre o ex-líder escrevendo apenas "river", rio em inglês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.