Rumsfeld afirma que não há certeza de que Atef morreu

O secretário de Defesa, Donald Rumsfeld, afirmou que há razões para acreditar que Osama bin Laden continuaria em território afegão e não teria fugido para o Paquistão, conforme informou uma rádio iraniana. "Eu acredito que ele ainda esteja no país", disse Rumsfeld. O secretário de Defesa também recusou-se a confirmar a informação de que Mohammed Atef, o egípcio apontado como sucessor de bin Laden, teria morrido, afirmando que não se encontrava em posição de comprovar a sua morte. Rumsfeld, entretanto, disse que as notícias sobre a possível morte de Atef em um ataque aéreo conduzido pelos EUA eram "autorizadas". As informações são da agência Dow Jones.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.