Rumsfeld fala em "compensações" para vítimas de abuso

No mesmo depoimento perante o Congresso americano no qual pediu desculpas e assumiu responsabilidade pelas torturas e humilhações impostas a prisioneiros iraquianos sob custórida americana, o secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, disse que ?estou buscando um modo de prover compensação adequada aos detentos que sofreram abusos tão graves e tamanha crueldade nas mãos de uns poucos membros das Forças Armadas americanas?. Pedidos de desculpas pelos abusos têm sido freqüentes na administração americana nos últimos dias, mas a oferta de compensação era inédita. Questionado pelo senador Carl Levin, Rumsfeld disse que não apenas os autores imediatos do abuso serão responsabilizados, mas também comandantes mais acima na cadeia hierárquica. Rumsfeld mal havia iniciado seu pedido de desculpas quando manifestantes o interromperam aos gritos de ?Demitam Rumsfeld!?, antes de serem retirados da sala. O secretário de Defesa também se referiu a vídeos dos abusos, embora até o momento apenas fotografias tenham sido divulgadas pela imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.