Rumsfeld insiste em acusar Irã

Militantes da Al-Qaeda em fuga do Afeganistão puderam passar livremente pelo Irã, acusou nesta terça-feira o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald H. Rumsfeld, criticando Teerã pelo segundo dia consecutivo como suposto "sustentáculo de terroristas internacionais"."Certamente seria de grande valor se eles cooperassem mais,mas, neste caso específico, eles não vêm fazendo isso",comentou Rumsfeld.Funcionários do governo norte-americano disseram nos últimosmeses que Teerã não atuou decisivamente contra membros daAl-Qaeda que teriam fugido para o Irã, atravessando a fronteiraoeste do Afeganistão.Eles acusam o Irã de trabalhar secretamente com senhores daguerra e outros aliados no oeste do país vizinho para minar ogoverno interino do líder afegão Hamid Karzai, apoiado pelosEstados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.