R.Unido envia navio para retirar britânicos da Líbia

O país também está temporariamente fechando sua embaixada em Trípoli diante da intensificação dos confrontos no país

AE, Estadão Conteúdo

03 de agosto de 2014 | 14h19

O Reino Unido enviou um navio da Marinha Real para ajudar a retirar cidadãos britânicos da Líbia, segundo uma fonte. O país também está temporariamente fechando sua embaixada em Trípoli diante da intensificação dos confrontos no país.

Em um comunicado, o governo do Reino Unido informou que sua embaixada em Trípoli estava "organizando uma saída assistida para cidadãos britânicos". A embaixada planeja suspender as operações na segunda-feira e não seria capaz de prestar assistência consular a partir desta data, disse.

Devido aos combates intensos e generalizados em Trípoli e maior instabilidade em toda a Líbia, o Reino Unido desaconselhou as viagens ao país e pediu fortemente que os britânicos deixem o local imediatamente por meios comerciais.

Segundo as autoridades, um número limitado de voos estavam deixando os aeroportos de Misrata e Maitega para Cairo, Malta, Tunes e Istambul. Rotas terrestres permaneciam abertas, mas a situação de segurança pode mudar rapidamente e o Reino Unido pediu às pessoas que verifiquem as informações mais recentes antes de viajar. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidoLíbiaViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.