Olivia Harris/Reuters
Olivia Harris/Reuters

Rupert Murdoch chega ao escritório do 'News of the World' em Londres

Magnata entrou dio pela porta dos fundos; ainda não se sabe se vai fazer uma declaração pública

Efe

10 de julho de 2011 | 09h52

O magnata de meios de comunicação Rupert Murdoch, proprietário do "News of the World", chegou neste domingo ao escritório do tabloide no leste de Londres que mandou fechar após 168 anos de história, por causa de um escândalo das escutas telefônicas ilegais.

Veja também:

documento Celebremos o 7 de julho

Como informou a rede BBC, Murdoch entrou no prédio pela porta dos fundos, e ainda não se sabe se vai fazer alguma declaração pública sobre o escândalo que levou ao fechamento da emblemática publicação.

Na quinta-feira, James Murdoch, filho do magnata e presidente do News International (divisão britânica do grupo "News Corporation"), anunciou o fechamento do dominical para tentar acabar com o escândalo dos grampos telefônicos feitos durante anos por jornalistas do rotativo para obter informações exclusivas.

Neste domingo, o News of the World chegou pela última vez às bancas, em uma edição que traz um editorial com pedido de desculpas pelo caso das escutas. Sua capa resume: "Obrigada e adeus".

Espera-se que Murdoch, de 80 anos e proprietário da News Corp, assuma agora as rédeas da gestão de uma crise que ameaça salpicar todo seu império midiático e prejudicar seu projeto da compra total da rede de TV por assinatura BSkyB, da qual já possui 39%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.