Ruralistas planejam novo locaute

Associações ruralistas argentinas anunciaram ontem que iniciarão na segunda-feira um locaute de sete dias que implicará na suspensão da comercialização de cereais e frutas oleaginosas. Os ruralistas protestam contra as restrições impostas pela presidente Cristina Kirchner às exportações de trigo. O grupo está em pé de guerra com o governo desde 2008, quando Cristina decretou um "impostaço agrário". Os protestos levaram o governo a sua pior crise política. A nova paralisação será a primeira desde a morte do ex-presidente Néstor Kirchner.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.