Rússia aceita ataque se EUA provarem existência de armas

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Ivanov, disse hoje que Moscou pode suspender sua oposição a uma operação militar dos Estados Unidos contra o Iraque se Washington oferecer evidências de que Bagdá possui armas de destruição em massa. "A posição de Moscou em relação a uma operação militar contra o Iraque dependerá das informações concedidas pelos americanos sobre a posse por Bagdá de armas de destruição em massa", informou a Interfax citando o ministro.Ivanov disse, no entanto, que tais informações só poderão ser confirmadas se os inspetores de armas estiverem no local. "Acredito que um mês será suficiente para que os inspetores determinem se existe ou não produção de armas de destruição em massa no Iraque", afirmou. Moscou tem sido aliado do Iraque por muito tempo e tem se oposto a uma nova resolução sobre o Iraque, desejada pelos EUA. Moscou é membro com poder de veto no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.