Rússia acusa Ocidente de instigar oposição síria

A Rússia acusa o Ocidente de agir com hipocrisia e de instigar abertamente os grupos de oposição ao presidente da Síria, Bashar Assad, a pegarem em armas para combater o governo.

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2012 | 11h42

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia observou hoje que as potências ocidentais "não têm feito nada" no sentido de induzir os opositores de Assad a dialogarem com o governo.

Ainda segundo Moscou, a forma "farisaica" como o Ocidente trata a guerra civil na Síria não ajuda a solucionar um conflito no qual já morreram pelo menos 19.000 pessoas.

Principal aliado de Damasco nos últimos 17 meses de conflito, Moscou tem poupado a Síria de sanções no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU) e fornecido armas às forças governamentais. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriadiplomacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.