Rússia aderiu à campanha contra Irã, diz Ahmadinejad

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse hoje que o presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, ficou contra o Irã e se juntou aos Estados Unidos em uma estratégia de espalhar mentiras sobre o programa nuclear iraniano.

AE-AP, Agência Estado

23 de julho de 2010 | 19h33

Ahmadinejad disse que Medvedev embarcou num "dramalhão de propaganda" dirigido por Washington, após ter dito na semana passada que o Irã está ficando mais próximo de desenvolver armas nucleares.

O Irã insiste que seu programa nuclear tem como objetivo apenas a geração de energia e outros usos pacíficos, mas as declarações não reduziram as preocupações internacionais. A Rússia está numa posição difícil no impasse iraniano, em parte porque não deseja colocar em risco décadas de laços políticos e comerciais com Teerã.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaIrãrelaçõesprograma nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.