Rússia alerta para situação "perigosa" no Oriente Médio

A Rússia alertou nesta quinta-feira que a situação noOriente Médio é "extremamente perigosa" e expressou suaprofunda preocupação com a possibilidade de que a violência seespalhe para toda a região. Em um comunicado de duas páginas, o porta-voz do Ministériodas Relações Exteriores russo, Alexander Yakovenko, tambémconclamou para que israelenses e palestinos respeitemimediatamente a resolução 1.402 da ONU, que determina umcessar-fogo bilateral e a retirada das tropas israelenses dosterritórios ocupados. "A situação no Oriente Médio está assumindo um caráterextremamente perigoso", afirmou Yakoveno.Nesta quarta-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, condenouveementemente os ataques terroristas palestinos contra cidadãosisraelenses, mas também exigiu que Israel acabe com suaretaliação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.