Rússia ameaça EUA após acordo de escudo antimísseis

A Rússia advertiu hoje os Estados Unidos, após Washington ter fechado um acordo de defesa antimísseis com a Polônia. O governo russo afirmou que a resposta às ações norte-americanas irá "além da diplomacia". "A Rússia nesse caso terá que reagir e não apenas por meio de protestos diplomáticos", afirmou o Ministério de Relações Exteriores russo em comunicado. A pasta afirmou que a intenção do sistema antimísseis dos EUA no Leste Europeu é claramente enfraquecer a Rússia e qualificou a medida como parte dos crescentes "esforços dos EUA para mudar a balança estratégica de poder em seu favor"."Os interceptadores de mísseis de longo alcance que serão instalados na Polônia não têm, e em um futuro próximo não terão, qualquer outro alvo que os mísseis balísticos intercontinentais russos", sustentou o texto. Na semana passada, um general russo afirmou que a Polônia corria o risco de ser atacada, até mesmo com armas nucleares. O impasse ocorre em meio ao aumento da tensão entre Rússia e os Estados Unidos por causa do conflito entre Moscou e a Geórgia.O ministério comandado por Serguei Lavrov apontou que o momento do acordo dos EUA não é uma coincidência. Ele expressou ainda o temor pelo fato de o tratado EUA-Polônia firmado hoje incluir uma promessa de Washington de instalar uma bateria de mísseis Patriot no país europeu, em 2012.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.