Rússia ameaça pedir pagamento antecipado por gás

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, ameaçou nesta quarta-feira que a companhia estatal russa Gazprom pode solicitar à Ucrânia que pague antecipadamente pelo fornecimento de gás, de acordo com agências de notícias estatais russas.

AE, Agência Estado

09 de abril de 2014 | 11h33

Em um encontro na quarta-feira com ministros do governo, Putin disse que pedir pagamentos antecipados "estava de acordo com o contrato" entre Ucrânia e Rússia, mas que pediu à Gazprom que se abstivesse de medidas drásticas até "consultas adicionais" entre os dois lados.

A Rússia apertou o cerco contra a Ucrânia desde que o presidente pró-Rússia Viktor Yanukovych foi deposto em fevereiro, após meses de protestos de rua.

Na semana passada, a Gazprom disse que cortaria todos os descontos sobre o gás fornecido à Ucrânia, o que significa um aumento de preço de 70%, que deve elevar ainda mais dívida do país com gás, atualmente de US$ 2,2 bilhões. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiagásucrâniapagamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.