Rússia amplia domínio energético

A Sérvia assinou ontem um acordo energético com a Rússia que dá a Moscou controle sobre o monopólio de petróleo sérvio e o direito de usar o território do país para construir um gasoduto até a Europa Ocidental. Belgrado negou que o acordo tenha motivação política, uma vez que o país conta com apoio do presidente russo, Vladimir Putin, contra a independência da província sérvia de Kosovo. "A Sérvia respeita a posição russa sobre Kosovo", disse o presidente sérvio, Boris Tadic. O acordo causou tensão na Europa, que vê com preocupação o crescente domínio russo sobre o abastecimento energético do continente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.