REUTERS/Abdalrhman Ismail
REUTERS/Abdalrhman Ismail

Rússia anuncia trégua diária de três horas para que ajuda humanitária chegue a Alepo, na Síria

Entre 10h e 13h locais, cessarão todas as ações militares, incluindo ataques aéreos e com fogo de artilharia, segundo o general Serguei Rudskoi

O Estado de S.Paulo

11 Agosto 2016 | 11h06

MOSCOU - A Rússia anunciou a imposição a partir desta quinta-feira, 11, de uma trégua diária de três horas para que a ajuda humanitária possa chegar à cidade síria de Alepo.

A "janela humanitária" ficará aberta diariamente entre 10h e 13h locais, segundo o chefe de Operações do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, o general Serguei Rudskoi.

Durante esse período de três horas, acrescentou o militar, cessarão todas as ações militares, incluindo os ataques aéreos e com fogo de artilharia.

Rudskoi lembrou que junto à cidade de Handrat foi criado um centro de formação de colunas com ajuda humanitária para a população de Alepo.

Ele afirmou também que os sete corredores humanitários para o esvaziamento de Alepo de civis e de guerrilheiros que deponham as armas estão abertos 24 horas por dia.

"Apoiamos a proposta da ONU de estabelecer um mecanismo de controle conjunto sobre o envio de ajuda humanitária à população de Alepo. Neste momento nossos especialistas militares trabalham neste assunto com representantes da ONU e com os colegas americanos", disse o general russo.

A Rússia iniciou há duas semanas uma operação humanitária em Alepo em colaboração com o Exército sírio, com a abertura de corredores humanitários para que civis e guerrilheiros que deponham as armas possam deixar a cidade. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Rússia ONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.