Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
AFP PHOTO / OLGA MALTSEVA
AFP PHOTO / OLGA MALTSEVA

Rússia assina contrato para fornecer mísseis antiaéreos a Teerã

Em salão de aeronáutica, Serguei Chemezov, presidente da estatal russa Rostej, confirma que contrato já está em vigor; em abril, Moscou suspendeu veto a venda dos mísseis após acordo nuclear

O Estado de S. Paulo

09 de novembro de 2015 | 12h48

MOSCOU - A Rússia anunciou nesta segunda-feira, 9, que já assinou com o Irã o contrato para a provisão a Teerã dos mísseis antiaéreos S-300, apesar dos enérgicos protestos de Israel e das reservas dos Estados Unidos e Arábia Saudita.

"O contrato já foi assinado e já entrou em vigor", anunciou hoje Serguei Chemezov, presidente da corporação estatal russa Rostej, durante um salão internacional de aeronáutica em Dubai, citado pelas agências russas.

Da mesma forma que o presidente russo, Vladimir Putin, Chemezov insistiu nesta segunda que se trata de um armamento defensivo e que Moscou está disposto a proporcioná-lo a qualquer país do Oriente Médio.

O funcionário explicou que, uma vez que Moscou cumpra com a primeira parte da operação, o Irã retirará o processo que apresentou contra a Rússia perante os tribunais internacionais por descumprimento de contrato.

Putin levantou em meados de abril o veto presidencial ao contrato após o Irã e as grandes potências alcançarem pouco antes um princípio de acordo sobre o programa nuclear iraniano.

Os S-300, análogos aos Patriot americanos, permitirão ao Irã fazer frente a uma possível invasão ou ataque aéreo em massa israelense ou americano com caças da classe Stealth, helicópteros, bombardeiros e mísseis balísticos, segundo especialistas. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
IrãIsraelVladimir PutinRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.