Rússia cancela leilão de bônus com crise na Ucrânia

Após um breve retorno ao mercado doméstico de dívida na semana passada, a Rússia decidiu cancelar o leilão previsto para amanhã devido a "condições desfavoráveis de mercado", uma vez que a demanda por papéis russos está caindo em meio à crise da Ucrânia, informou hoje o Ministério de Finanças russo em comunicado.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2014 | 13h05

Na última quarta-feira, a Rússia vendeu bônus - com demanda menor que o normal e alta do custo de financiamento -, depois de passar cinco semanas sem oferecer papéis. Neste período, o apetite dos investidores diminuiu diante da situação política na Ucrânia, a anexação da região ucraniana da Crimeia por Moscou e as subsequentes sanções impostas pelo Ocidente à Rússia.

Nesta semana, as tensões na Ucrânia voltaram a ganhar força com a movimentação de grupos separatistas no leste do país. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiabônusleilãocriseucrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.